28/11/2014

"O amor verdadeiro é geralmente o mais inconveniente" - A seleção

Oi gente, o último Li até a página 100 foi postado na quarta-feira e foi do livro da Kiera Cass.. E gente, estou DES-MAI-ADA com esse livro. Eu li por insistência da minha amiga e aqui estou eu resenhando o livro e colocando ele com um dos meus favoritos haha. Valeu Quelzinha ♥


Título: A seleção
Autora: Kiera Cass 
Editora: Seguinte
Páginas: 357
Ano: 2012
Classificação: 
Sinopse: "Não queria ser da realeza. Não queria ser Um. Não queria nem tentar." Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...


America Singer, de Carolina em Illéa, era uma jovem de casta cinco, ou seja, ela tinha que ajudar em casa com dinheiro, já que seus irmãos mais velhos Kota -que foi embora ao se deslumbrar quando vendeu uma arte e ganhou bastante dinheiro- e Kenna -que casou-se com um quatro. As castas significavam as classes sociais, indo da casta um até a casta oito, se você é uma mulher e namora com algum rapaz de casta inferior, seria como desagradar sua família e foi o que aconteceu com America e Aspen, de casta seis, mas a diferença é que não desagradou ninguém, já que o namoro era escondido.

Sempre que alguém de casta superior a sua precisava de seu trabalho, você deveria aceitar, e foi em uma dessas ocasiões em que os dois se apaixonaram e foram levando um amor proibido, durante dois anos. Se encontravam sempre que dava na casa da árvore no quintal de America, mas com a chegada da carta da Seleção tudo mudou.. A seleção era inscrever-se para o príncipe escolher entre 35 garotas uma, para ser uma mulher e princesa de Illéa, futuramente rei e rainha, mas America não era como todas as garotas do país, ela não queria conhecer o príncipe Maxon, achava que ele fosse um tremendo babaca e seu amor de verdade era Aspen. Depois de sua mãe insistir muito e até suborno rolou e por insistência de Aspen ela resolveu se inscrever, com a esperança de não ser chamada. Duas semanas se passaram, e o resultado das selecionadas saiu no Jornal Oficial de Illéa e lá estava a foto dela.. 

De um dia para o outro, tudo mudou: Aspen terminou com ela, foi para A seleção e iria morar no palácio até que Maxon a enxotasse.

Quando chegou lá viu que era uma das preferidas e provavelmente a única ruiva, havia um cartaz na mão de uma garotinha falando que as ruivas eram as melhores. Todas se arrumaram no Salão da Mulher e só no dia seguinte iriam conhecer o príncipe, mas por passar mal e querer ar fresco, America acabou o conhecendo antes. No dia seguinte, ele foi conhecer as meninas e logo mandou meninas embora.

Os dias foram passando, encontro das meninas com o príncipe foram rolando, toda sexta elas apareciam no Jornal oficial, teve o primeiro ataque dos rebeldes, e na semana antes de acontecer o segundo ataque dos rebeldes, havia um novo soldado lá.. Era Aspen, mas lá ele era chamado de Soldado Leger. Ele iria tomar conta de America, já que ela dispensará suas criadas, e  haveria um soldado em sua porta, justo Aspen! Eis que houve o segundo ataque dos rebeldes, e após o acontecimento, Maxon se sentiu na responsabilidade de mandar 21 garotas embora, deixando apenas seis para escolher quem seria sua amada... Dentre as seis, ele havia deixado America, e agora ela e mais cinco garotas fazia parte da Elite...

E aí, quem será que Maxon vai escolher? Será que America vai se resolver entre Maxon e Aspen? Só no próximo livro... 

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário