29/08/2014

"Uma pessoa tão especial, de tantas maneiras que chega a ser ridículo" - Lua Azul

Oi gente, lembram da resenha passada? Foi o primeiro livro da saga Os imortais, então hoje depois de uma "demora" eu estou trazendo a vocês a resenha do segundo livro da saga, isso significa que estou sobrevivendo aos suspenses de uma saga, o que é raro porque não gostava disso até me render aos encantos dos livros de Alyson Noël. Espero que alguém que acompanha, está lendo também.. E se estiver vamos conversar, me adiciona no face e conversamos sobre o assunto. É isso, fui.... Mentira, mas me adicionem sim. Agora chega de conversa fiada né minha gente? Vamos resenhar?


Título: Lua azul - Os imortais
Autora: Alyson Noël
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 246
Classificação: 
Sinopse: Ever é agora uma imortal. Iniciada nesse mundo desconhecido e sedutor por seu eterno amado, Damen, está empenhada em conhecer e dominar suas novas habilidades, mas algo terrível começa a acontecer. Cometido por uma doença misteriosa que ameaça, inclusive sua memória, Damen não percebe que seus poderes se estão esvaiando - enquanto Ever se sente cada vez mais forte.
       Desesperada para salvá-lo, ela viaja até a dimensão mística de Summerland, onde não apenas toma conhecimento da misteriosa história de Damen, brutal e torturante, mas também tem acessos aos segredos que regem o tempo.
       Com a lua azul que se aproxima, anunciando uma oportunidade única de se projetar para o passado ou para o futuro, Ever é forçada a decidir entre voltar no tempo e impedir o acidente que tirou a vida de toda a sua família ou ficar no presente e salvar Damen, que parece definhar a cada dia.

Resenha:
Após apresentação de Miles, Ever e Damen iam sair para a "noite deles" mas Damen ficou se sentindo meio mal, coisa que acontece raramente com os imortais, mas depois da chegada de Roman, tudo começou a ficar estranho.
Pessoas que geralmente não se misturavam, estavam juntas. Coisas que só a Ever enxergava, tudo uma rivalidade, vingança. Damen foi ficando pior e Ever tinha o poder de escolher entre o passado ou o presente, mas com uma escolha errada, talvez diminua o tempo para a salvação de Damen que ela achava estar segura com Ava.
Ela chega à tempo de ajudá-lo, mas  Roman está lá querendo vingança e persuadir Ever, foi a coisa mais fácil da vida dele. Com o sangue dela no elixir, ela e Damen não podem ter mais nenhum contato que envolva o DNA dela... Como eles vão fazer para reverter isso, só na próxima resenha.

O que eu achei do livro?
O começo foi meio ruim e só nos últimos capítulos foi ficando melhor, então não sei se gostei de verdade.. Espero que o terceiro livro seja melhor ainda!

Beijos..

Um comentário:

  1. Gostei da sua resenha, é ruim quando a gente não sabe se gosta ou não do livro haha

    Beijoss
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir